quarta-feira, agosto 26, 2009

VERTIGEM E SIGNIFICAÇÃO


7

Na história coexistem ou sucedem-se, não sem disputa, tentativas de fixar pontos, tentativas de freio, resgate, transcendência... Nos bastidores de cada tentativa é comum se encontrar, entre as molas propulsoras do querer, uma sedução do inédito. Ora, a sedução do inédito é uma variante da sedução do poder. A sedução do poder denota incompreensão. Toda incompreensão neste molde resulta do "Não olhe para baixo!". Mas haveria algum desvio do olhar com franca possibilidade de sucesso? O gesto de Galileu  com o telescópio não conteria uma sugestiva precursão? Não conteria o prenúncio de um total ineditismo em relação ao modo de olhar e ver, e, portanto, de um desvio bem-sucedido? Não seria, enfim, a promessa de uma verdadeira potência e de um belo travar de pneus contra a Gravidade?

2 comentários:

Extase disse...

ola moras onde em belem?

J. Fco. Bravo Real disse...

Hola edilson. Vengo a devolverte la visita y a intentar leer un poco de esto que escribes. Me va a costar... pero lo voy a intentar.
Abrazos.