quinta-feira, agosto 16, 2007

UM CASO FENOMENAL

Minha rara habilidade, ante a qual todos restam boquiabertos, tem uma origem insuspeitada. Quem poderia desconfiar? Nem mesmo o mais astuto dentre os circunstantes – que a todo tempo se aglomeram frente à jaula para me ver - pode supor. Eis porque, confiado na ignorância coletiva, dou-me a liberdade de gargalhar até as lágrimas. Mas não se pense que é por sarcasmo ou abuso da sã curiosidade. É que me soa divertidíssimo ver todoas essas pessoas a se acotovelarem como se diante de um milagre. Sou um milagre, confesso. Mas minha verdadeira habilidade não está no que tanto admiram: está em não revelar meu segredo! Caso o soubessem, passaríamos todos despercebidos uns dos outros. Caso o soubessem, seríamos uma banalidade qualquer. Mas, francamente, caso o soubessem, eu seria esfolado vivo... Entraria para a História na forma de um capítulo tabu.

8 comentários:

marcos pardim disse...

é que aos milagres não é dado saber nada sobre um outro qualquer de sua espécie. equivaleria saber sobre si mesmo... aí, meu camarada, cada milagre esfolaria-se a si próprio... 1 abraço

Carolina González Velásquez disse...

Muchas gracias por tu visita a mi blog...
Te invito a ver el principal caingove.blogspot.com

Besos

Chucho disse...

(sobre o seu segredo)

Se tudo o que há é mentira
É mentira tudo o que há.
De nada nada se tira,
A nada nada se dá.

de Fernando Pessoa , com um abraço

clarice ge disse...

Ah, se revelássemos o nosso lado animal... talvez nos devorássemos uns aos outros. O segredo está no mistério, ou melhor, o prazer está em manter a curiosidade permanecendo enigma. Mas francamente, isto aguçou minha curiosidade.
Carinhos, amigo Edilson

Pedro Pan disse...

, e que ele continue a segredar sobre tua habilidade...
, abraços meus.

diovvani mendonça disse...

O segredo? � que n�o h� segredo. H� fer�do, o dedo tr�mulo... gotejando o sangue-quente, apontando para o medo, contido; no que ainda, � mist�rio. ^~~Abra�o~^~^

gdec disse...

Gargalhar pode ser a habilidade do outro; o que está na jaula. A sua, meu caro, é pensar.
É certo que, por vezes nos confundimos...Que ninguém nos surpreenda.
Um abraço do seu
Geraldes de Carvalho

gdec disse...

Gargalhar pode ser a habilidade do outro; o que está na jaula. A sua, meu caro, é pensar.
É certo que, por vezes nos confundimos...Que ninguém nos surpreenda.
Um abraço do seu
Geraldes de Carvalho